De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...
 

A Cripta dos Kaiser

Entrar na Cripta dos Kaiser, na imponente cidade de Viena, não é apenas descer às catacumbas da morte mas também do poder.

Numa escuridão resguardada, uma sucessão de 12 imperadores, 18 imperatrizes e 113 membros da família Habsburg, jazem sepultados nesta cripta imperial, também conhecida pela Cripta dos Capuchinhos.

A morte de cada um destes poderosos era mais uma oportunidade de demonstração do seu poder, que desejariam eterno.

A cerimónia fúnebre implicava uma elaborada, e por vezes bela, construção de sarcófagos, constituída por três momentos diferentes em que o corpo, o coração e as vísceras eram depositados em locais distintos.

O corpo estava ali, na cripta Imperial, à minha volta; o coração, em urnas de prata, na Capela de S. Jorge, ali perto; e as relíquias das entranhas, na cripta da Catedral de Stephano.

Galeria de Imagens

Fotos de Minnie Freudenthal e Manuel Rosário

Ver mais textos da autora

Entre o nosso hotel e o centro da cidade corre o Danúbio. Que lugar melhor para parar e deixar os olhos flutuar na corrente? Olhar as pessoas da cidade na sua relação com o rio: um ponto de descanso, de namoro, duma corrida ou até de quem se senta a

Partilhar
Escrito por

Alice Minnie Freudenthal, médica Internista pelo American Board of Internal Medicine e Ordem dos Médicos Portuguesa. Áreas de interesse; neurociência, nutrição, hábitos e treino da mente. Curso de Hipnose clínica pela London School of Clinical Hypnosis. Curso de Mindfulness Based Stress Reduction. Palestras e Workshops de diferentes temas na área da neurociência para instituições académicas, empresas e grupos.

Sem comentários

COMENTAR