De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

Wheels

Fomos a Montlhéry por causa do Paul. O site de motos mais interessante que conheço é, de longe, o The Vintangent publicado pelo Paul D’Orleans. Quando acabámos de fazer o nosso filme Salt Fever, peguei num envelope e

Estava em San Diego. O passeio pelo deserto tinha sido anulado e os meus amigos tinham voltado para casa. De repente era preciso inventar uma alternativa para os dias que sobravam antes do voo para Lisboa. Na

Wheels and Waves traz motas e os amantes de cafe racers. Neste caso os vizinhos devem queixar-se dos sons , dos bruum bruum das partidas e chegadas. O espaço enche-se de motas, tendas, roupas para motas,

A meta não foi o ponto de partida. Por isso, o resultado foi tão surpreendente. Alinho sempre com os sonhos do meu marido. Quando desta vez me perguntou: “que tal irmos ver as motas em Bonneville? tenho

Se tivesse entrado numa loja de brinquedos pensaria que estava diante de miniaturas duma extraordinária colecção de aviões, carros e motas de corridas e até roupa futurista com motor a jacto. Mas não, o belíssimo Hangar de

O bar do Chez Francis é o spot ideal para apreciar a vida de Las Galeras. Rey, o bar tender, ganha sem sombra de dúvidas o prémio da melhor Margarita da vila! À porta, imaginámos que

Uma seta azul-escuro traçada em espuma de leite; papel de embrulho debruando o céu azul; o halo anil-quase-branco do homem-insecto em fuga livre; luzes que se mexem como estrelas no ultramarino da noite – vastidão tracejada

Colisão: é o que acontece quando se navega na net! Com receptores disponíveis, ideias vêm embater nos nossos sonhos trazendo-os ao plano da realidade. Foi assim, que o meu marido Manuel deu com um fantástico site sobre viagens

Two wheels in Vietnam How scary is it on two wheels? Attentive, observing children, Learning. They’ll soon be riding. We fear for their safety, But they don’t. Young men searching, Their lives run on two wheels Past families, shops, red lipstick girls Overlapping boxes they load On